Chuva derruba árvores e deixa desalojados em São Sebastião, SP

Segundo Defesa Civil, quatro famílias estão desalojadas na cidade. Registro dos últimos três dias é de 72 milímetros, dobro do esperado.

A chuva do final de semana causou estragos e deixou quatro famílias desalojadas em São Sebastião. Os ventos fortes arrancaram dezenas de árvores, a travessia de balsa ficou suspensa por 16 horas e vários bairros estão sem energia ainda nesta segunda-feira (22). Segundo a Defesa Civil, foram registrados ventos de 90 km/h durante a tempestade e o acumulado das últimas 72 horas superou o esperado para os próximos 15 dias. O acumulado de chuva dos últimos três dias foi de 72 milímetros - a média esperada para o período do mês era de 18 milímetros. Segundo a prefeitura, seis morros estão em estado de alerta na cidade com risco de deslizamento de terra. Entre eles Itatinga, Juquehy e Tropicanga.

Na Costa Sul, uma casa foi soterrada pelo desabamento do muro de um sobrado durante a chuva na noite deste sábado (20). Os dois imóveis foram interditados pela Defesa Civil. Em decorrência da chuva, quatro famílias estão desabrigadas na cidade.

A chuva também interrompeu a distribuição de energia na cidade. Ainda nesta segunda os bairros Topolândia, Barequeçaba, Centro e Porto Grande permaneciam sem energia.

Ventos A chuva veio acompanhada de fortes ventos, segundo a prefeitura foram registradas ventanias de 90 km/h. Por causa da ventania a travessia entre São Sebastião e Ilhabela foi suspensa por cerca de 16h. O serviço foi interrompido às 11h20 de domingo e reestabelecido às 3h30 de segunda.

A prefeitura abrigou em um teatro 153 pessoas que aguardavam a travessia. Pela manhã, quatro balsas estavam em operação e o tempo de espera para a travessia era de três horas. Turistas aguardavam na fila desde as 18h do domingo (21).

Além da balsa, a ventania derrubou árvores em vários pontos de São Sebastião. Ao todo, 28 caíram durante a tempestade. A Defesa Civil mantém a operação para a retirada das árvores e atendimento aos moradores.

Ilhabela Em Ilhabela, os bairros afetados pelo temporal são Barra Velha, Bexiga, Portinho, Feiticeira, Toca, Cocaia, Curral, Praia Grande, Veloso, Centro, Ponta da Sela e imediações. No início da tarde, cerca de 1.700 clientes estavam com o fornecimento prejudicado.

Em Ilhabela o temporal também causou estragos. Os ventos de 90 km/h derrubou árvores e dexou bairros sem energia neste domingo (21).

No bairro Água Branca uma casa teve o telhado destruído após a queda de uma árvore. A família foi enviada para a casa de parentes. Além do Água Branca, foram registradas quedas de árvores nos bairros Barra Velha, Água Branca, Cocaia, Green Park, Perequê, Itaquanduba e Bexiga.

Segundo a Elektro, responsável pelo serviço de distribuição de energia na cidade, 1,7 mil estabelecimentos permanecem sem energia. Entre os bairros atingidos estão Barra Velha, Bexiga, Portinho, Feiticeira, Toca, Cocaia, Curral, Praia Grande, Veloso, Centro e Ponta da Sela.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2016/08/chuva-derruba-arvores-e-deixa-desalojados-em-sao-sebastiao-sp.html

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square