São Sebastião terá “Pronto Socorro” para atender animais marinhos

Acordo entre a prefeitura e Instituto Argonauta prevê a construção em 2017

Os animais marinhos resgatados em praias de São Sebastião terão um apoio mais rápido a partir de 2017. O município ganhará uma base de estabilização para esses animais, por meio de uma parceria firmada entre a prefeitura (que cedeu o terreno) e o Instituto Argonauta (que administrará o espaço).

A instituição poderá utilizar uma área de 500 m² para construir a unidade com a estrutura necessária para que seja feito o primeiro atendimento aos animais, que em sua maioria, chegam feridos e debilitados.

O termo de concessão de uso foi assinado pelo oceanógrafo e presidente do Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha, Hugo Gallo, e o prefeito de São Sebastião, Ernane Primazi.

A obra fará parte do projeto do Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), que consiste em uma atividade de monitoramento desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama e coordenado pela Univali.

A Prefeitura de São Sebastião informou, por meio da assessoria de imprensa, que além deste serviço de atendimento aos animais, o espaço será aberto à visitação pública.

A expectativa é de que no espaço construído também ocorram palestras sobre biologia marinha, por exemplo. De acordo com Hugo Gallo, a base será como um “Pronto Socorro”, onde o animal passará por uma triagem antes de ser encaminhado para o Centro de Reabilitação do instituto, aumentando as chances de sobrevivência.

A novidade vem como um alívio principalmente na alta temporada, quando há aumento no fluxo de veículos entre as cidades do litoral.

O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundado em julho de 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba.

Animais

A equipe do Instituto Argonauta recomenda que, ao encontrar um animal marinho debilitado, o ideal é não se aproximar, pois, dependendo da espécie, o mesmo pode se tornar agressivo caso se sinta ameaçado.

Caso o banhista aviste um animal marinho, vivo ou morto, deve ligar para 0800 642 3341, (12) 3862-6914 ou o WhatsApp (12) 997359167.

WhatsApp

Quer saber tudo sobre as cidades da região? Mande um WhatsApp para o número (12) 98218-4888 e passe a receber as principais notícias e informações da região no seu celular através do aplicativo. Faça parte do grupo Meon, fique bem informado e convide seus amigos para participar também! Informação de qualidade a um clique de distância.

*Com informações do Portal Tamoios News

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square